22 Setembro, 2016

SiteStar 4

Digital

O DNS.PT e a DECO promovem a 4ª edição do Concurso Sitestar.pt, uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a desenvolver sites em português e sob domínio.pt durante o ano letivo de 2016/2017.

O DNS.PT e a DECO promovem a 4ª edição do Concurso Sitestar.pt, uma iniciativa nacional que convida a comunidade educativa a desenvolver sites em português e sob domínio.pt durante o ano letivo de 2016/2017.

O concurso convida os jovens a desenvolverem e a divulgarem conteúdos relevantes e a publicá-los de forma criativa e inovadora.

É igualmente objetivo deste concurso dar a oportunidade às escolas de promoverem a criação de jornais escolares online, para divulgação do trabalho realizado em âmbito escolar.

O Concurso Sitestar.pt pretende que os jovens participantes assumam a responsabilidade intelectual e legal pelos trabalhos a concurso, aprendendo assim a respeitar as regras de segurança, privacidade, direitos conexos e propriedade.

Objetivos
  • Promover a literacia para os media digitais junto dos jovens;
  • Incentivar os jovens a utilizar a Internet e as suas ferramentas e também a criar sites; enquanto editores e participantes ativos no desenvolvimento da internet;
  • Alertar os jovens enquanto consumidores para os seus direitos e deveres na área do digital;
  • Divulgar conteúdos e ideias inovadoras dos jovens e das escolas;
  • Promover o TLD nacional (extensões .pt), demonstrando as vantagens de ter um domínio .pt, a marca de Portugal na Internet.
Público-alvo

O Concurso Sitestar.pt destina-se aos alunos do 3.º Ciclo do Ensino Básico, Ensino Secundário e Vias Profissionalizantes. Podem concorrer alunos de estabelecimentos de ensino públicos e privados de Portugal Continental e Regiões Autónomas, desde que aderentes ao projeto DECOJovem.

Categorias do Concurso
  1. Categoria 1 – Saber&Ciência: contempla a criação de sites sobre as diferentes áreas da ciência e do conhecimento em que os alunos tenham especial interesse para partilha de saberes, de experiências e de trabalhos. Nesta categoria é também possível integrar a criação de sites de clubes que fazem parte das escolas.
  2. Categoria 2 – Faz a diferença!: contempla o desenvolvimento de sites que divulguem iniciativas de voluntariado e inclusão social onde os jovens se encontrem envolvidos. Nesta categoria é também possível integrar a criação de sites de clubes que fazem parte das escolas.
  3. Categoria 3 – Jovens com talento: contempla a criação de sites dedicados à expressão artística (música, teatro, pintura, etc.) assim como, atividades desportivas em que os jovens participem e que desejem promover. Nesta categoria é também possível integrar a criação de sites de clubes que façam parte das escolas.
  4. Categoria 4 – Noticias na Escola: contempla a criação de jornais escolares online de divulgação do trabalho realizado em contexto escolar. Nesta categoria será avaliada a plataforma online do jornal. Não serão aceites jornais em formato digital.
Implementação da iniciativa no final de setembro