16 Janeiro, 2017

NETtalks: Fontes Seguras

Digital

Sabes que nem tudo é verdade só porque está online? Cada vez que fazemos uma pesquisa na Internet, em sites como o Google, por exemplo, somos informados de que existem centenas ou até mesmo milhares de páginas com conteúdos muito relevantes e muito interessantes sobre o assunto que queremos conhecer. Todas essas páginas podem ser consideradas fontes de informação.

Sabes que nem tudo é verdade só porque está online? Cada vez que fazemos uma pesquisa na Internet, em sites como o Google, por exemplo, somos informados de que existem centenas ou até mesmo milhares de páginas com conteúdos muito relevantes e muito interessantes sobre o assunto que queremos conhecer. Todas essas páginas podem ser consideradas fontes de informação.

Mas será que todas elas são fontes seguras? Será que a informação que prestam é verdadeira?

Como saber distinguir a informação certa da informação errada?

Se estivesses a fazer um trabalho e encontrasses na biblioteca da escola dois livros com duas informações diferentes e contraditórias, que farias? Aposto que consultavas mais um ou dois livros, para teres a certeza do que estava correto. E aposto que falarias sobre isso com outras pessoas, para tentares evitar escrever e reproduzir os erros dos outros.

Na Internet passa-se mais ou menos o mesmo. Para que sejas capaz de avaliar a informação que encontras na internet, começa por perceber:

  1. Qual o objetivo do site? É informar, divertir ou vender produtos ou serviços?
  2. Conheces a marca que está por detrás dessa página? É uma marca famosa ou nunca ouviste falar nela?
  3. O site tem bem identificado quem o faz? Tem informações que possibilitem o contacto com os seus autores ou uma secção do género “Ficha Técnica” ou “Quem Somos”?
  4. E é patrocinado por alguma pessoa, partido ou empresa? É de confiança?
  5. Depois, faz o mesmo que farias na biblioteca da tua escola: verifica a informação, avalia a sua autenticidade, compara-a com outras fontes de informação.

Visita e consulta outros sites, por exemplo, boas enciclopédias digitais, jornais ou revistas de prestígio, cuja marca reconheces bem.

Por último, pede ajuda a outras pessoas: pais, professores, amigos.

As conferências NETtalks – Achas que tudo o que vem à rede é fixe?, realizadas em 2014 e 2015, foi um projeto da DECO apoiado pelo Fundo para a Promoção dos Direitos dos Consumidores e tinham como principal objetivo alertar os jovens consumidores para a importância dos seus direitos digitais, as regras de segurança e de privacidade online.