3 Novembro, 2015

NETtalks e a segurança online dos jovens

Digital

Conferências dirigidas a alunos do 3.º ciclo do ensino básico e alunos do ensino secundário e profissional, com uma grande componente em elementos digitais, ferramentas online e com características de intervenção dinâmicas e interativas, sobre direitos digitais e regras básicas de segurança online.

Este ano letivo, no âmbito do Concurso Sitestar.pt 3 vamos voltar a realizar as Conferências NETtalks – Os Direitos Digitais dos Consumidores. Poderás contar com mais 7, uma em cada um dos territórios de intervenção da DECO (Minho, Coimbra, Santarém, Coimbra, Lisboa, Évora e Algarve), para descobrires as competências que deves ter para tirar o melhor partido daquilo que a Internet tem para te oferecer.

Com certeza que já ouviste falar nas conferências NETtalks – Achas que tudo o que vem à rede é fixe?. Durante o ano letivo 2014/2015, a DECO em parceria com a Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) realizou 18  conferências NETtalks – Achas que tudo o que vem à rede é fixe? em várias escolas do país, uma por capital de distrito, sobre o tema dos direitos digitais.

Estas conferências foram dirigidas a alunos do 3.º ciclo do ensino básico e alunos do ensino secundário e profissional. Com uma grande componente em elementos digitais, ferramentas online e com características de intervenção dinâmicas e interativas, os alunos participantes das conferências tornaram esta iniciativa um sucesso.

As NETtalks tinham como principal objetivo alertar os jovens para assuntos tão importantes como os direitos digitais, as regras de segurança e de privacidade online.

Com estas conferências, ainda, foi possível discutir temas tão importantes como: o que são direitos de autor, os cuidados que deves ter com publicidade e nas redes sociais, os downloads ilegais, o  cyberbullying, entre muitos outros assuntos.

Descobrimos, ainda, quais os comportamentos dos 2550 jovens participantes, através, do preenchimento de um questionário individual e anónimo com os objetivos de identificar conjuntos de práticas e de consumos mediáticos e digitais, perceber atitudes face aos novos media e identificar situações de risco e vulnerabilidades no mundo digital.

Do estudo da UAL sobre os riscos e vulnerabilidades na era digital: 18 distritos em análise concluiu-se que 90% dos jovens inquiridos navegam todos os dias na Internet, cerca de 253 minutos por dia, utilizando como meio de acesso o computador (92%), o smartphone (80%) e o tablet (38%).

FONTE: Observatório Europeu do Jornalismo, estudo elaborado em parceria entre a UAL e a DECO. Jovens de Hoje, in Correio da Manhã, 29-05-2015

 

As redes sociais mais utilizadas são o Facebook (85,6%), o Twitter (30,7%) e o Instagram (25,6%) e a atividade preferida pelos alunos inquiridos é a pesquisa de música online.

No que respeita à privacidade online, 25,9% têm o seu perfil público, 56% coloca a sua idade verdadeira, 81% coloca fotografias de si próprio e 76% coloca o nome verdadeiro.

FONTE: Observatório Europeu do Jornalismo, estudo elaborado em parceria entre a UAL e a DECO. Jovens de Hoje, in Correio da Manhã, 29-05-2015

FONTE: Observatório Europeu do Jornalismo, estudo elaborado em parceria entre a UAL e a DECO. Jovens de Hoje, in Correio da Manhã, 29-05-2015

Cerca de 47,6 % dos jovens inquiridos neste estudo afiram ter conhecimento de humilhações, ameaças ou difamação (cyberbulling) a um ou mais dos seus amigos e dizem saber do roubo de perfis nas redes sociais. No entanto, a percentagem dos que se assumem vítimas é muito menor, seja em relação ao cyberbulling (14,7%) ou ao roubo da sua identidade digital (11%).

Quer saber mais sobre Direitos Digitais e trabalhar este tema com os seus alunos?

Visite o site NETtalks.pt:

Laranja_Deco_CicloDeConferencias_19Dez_fundo_branco