Olá! Hoje é dia 22 Setembro de 2017

2016 – Ano do Combate ao Desperdício Alimentar

O Parlamento Europeu recomendou que os Estados membros reduzam para metade a comida que vai para o lixo até ao fim de 2016.
A Assembleia da República decretou o ano de 2016 como o Ano Do Combate ao Desperdício Alimentar.

O Parlamento Europeu recomendou que os Estados membros reduzam para metade a comida que vai para o lixo até ao fim de 2016.

Segundo cálculos da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura) os países industrializados desperdiçam 1,3 mil milhões de toneladas de alimentos por ano, o que chegaria para alimentar os cerca de 925 milhões de pessoas que passam fome no mundo.

Todos os anos, os portugueses deitam para o lixo um milhão de toneladas de alimentos, ou seja, cada um desperdiça em média 132 quilos de comida por ano. Só as famílias desperdiçam 324 mil toneladas e 17% da comida é deitada fora ainda antes de chegar aos consumidores. Um desperdício que no conjunto da União Europeia chega aos 88 milhões de toneladas. Foi para reduzir a grandeza destes números que o Parlamento Europeu recomendou aos Estados membros um corte para metade no desperdício até ao fim do ano.

É por isso necessário informar e sensibilizar os cidadãos, desde as idades mais novas, para uma mudança de atitudes, comportamentos e conhecimento, numa perspetiva de uso sustentável dos alimentos. O combate ao desperdício alimentar deve ser encarado do ponto de vista ambiental, mas também como uma questão económica com objetivos de desenvolvimento sustentável para o país.