8 Outubro, 2015

Água, um bem essencial

Água

Sabia que no setor doméstico, em média, cada português consome 168 litros de água potável por dia? Apenas uma parte da água consumida é usada para beber ou cozinhar. Uma boa fatia vai, por exemplo, para descargas de autoclismo!

A água é um recurso natural imprescindível ao homem, e não falamos apenas naquela que se pode beber e utilizar no dia-a-dia. A água intervém, igualmente na produção de todos os bens de consumo: para criar e produzir uma só vaca de 500 kg, é necessário o equivalente a uma piscina olímpica, com pelo menos, seis metros de profundidade. Já no sector têxtil, as plantações de algodão requerem tanta água que, para produzir uma simples T-shirt, são necessários 1500 litros de água.

Ainda que renovável, a água é um bem limitado e escasso: para conseguir um consumo sustentável, é preciso que todos os agentes implicados adotem medidas para melhorar a sua gestão. Aliás, não podemos ficar indiferentes ao facto de a água associada à produção de bens e serviços, “água virtual”, ter crescido de forma muito significativa nos últimos 40 anos. Do total consumido em todo o mundo, cerca de 15% estão associados à exportação de bens alimentares! É necessária uma gestão inteligente deste bem essencial, que começa, desde logo, por uma poupança no uso que fazemos dela, nas nossas casas.